E agora que o El Niño acabou?

Em algumas áreas de São Paulo e diversas regiões do sudeste e centro-oeste, abril foi o mês mais seco já registrado. Não se trata da maior seca dos últimos 20 ou 30 anos, mas sim da maior seca desde os primeiros registros do INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) em 1961 para o mês de abril. A Capital registrou 52 dias consecutivos sem chuvas entre Abril e início de Maio.

Isto ocorre justamente 2 anos após o início de outro recorde histórico: o maior período com chuvas abaixo da média que a população da região sudeste já viu.

Com início em Julho de 2013, a região do reservatório Cantareira em São Paulo, passou 1 ano e meio registrando chuvas abaixo, ou muito abaixo da média histórica, como demonstrado no gráfico abaixo.

 

imgpost-01

 

Agora nos resta saber se estamos iniciando um período tão longo de seca como aquele que culminou na crise hídrica de 2015.

Meteorologistas afirmam que as chuvas do último verão, que voltaram a cair normalmente na maior parte do Brasil, foi resultado do fenômeno El Niño, que ocorre pelo aquecimento das águas do Oceano Pacífico. Porém, previa-se que o El Niño traria chuvas acima da média, mas na verdade, as precipitações ocorram dentro do que seria a normalidade para um ano sem o El Niño.

E agora que o El Niño acabou? Se era ele quem estava trazendo chuvas, podemos esperar que os próximos meses não serão tão promissores, visto o que já passamos em abril.

Mudanças Climáticas:

Estamos passando por um período de Mudanças Climáticas, e isso, ninguém discute. Se isso é efeito antrópico ou não, tanto faz para quem precisa se adaptar o mais rápido possível.

A Gestão Estratégica da Água deve ocorrer em indústrias e também no setor agrícola como forma de adaptação às mudanças climáticas.

Todos sabem que o reuso de água, captação de água de chuva, saneamento básico são importantes para uma boa Gestão da Água. Está na hora destas iniciativas saírem do papel, mesmo porque os custos de uma crise hídrica, são muito maiores do que os custos de adaptação.

 


 

Claudio Bicudo Mendonça – Gestor Ambiental e Diretor Executivo da Consultoria H2O Company, focada na Gestão Corporativa Estratégica para a Sustentabilidade

Posted in Sem categoria and tagged , , , , , , , .

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *